Uma garota, um caderno.

Um dia. Anos atrás.

Posted on: 14/10/2012

Eu vivo tentando não me prender ao que poderia ter sido. Não é prudente ficar pensando no que quase aconteceu.

Só que é inevitável quando te encontro.

Porque eu te vejo junto dela e acabo pensando que poderia ter sido eu. Será que quase foi eu?

Eu me pergunto se em algum momento nós tivemos algo verdadeiro, porque eu me lembro de como você agia. De como você me tratava quando estávamos juntos. Você sempre me fez rir. Você sempre se preocupou comigo, e isso é algo que nunca vou me esquecer. Lembro de quando você veio me visitar no Natal e de como nosso Ano-Novo foi divertido. Lembro de como combinavamos que eu teria meu primeiro porre com você e de como minha mãe voltou de viagem no dia e estragou todos os nossos planos.

Lembra de quando eu finalmente bebi uisque pela primeira vez e você estava comigo? Era seu aniversário e eu tinha lhe comprado um presente. Acho que estava completamente cega. Lhe comprei uma bandana de caveiras e a carregava comigo no dia em que fomos ao parque com mais vinte pessoas.

Eu ia lhe dá-la, ia mesmo. Ai, nós nos perdemos. Eu fiquei com meus amigos e você com seus amigos que eu não conhecia. Passei a tarde toda sem você e foi uma tarde realmente inesquecível. Então quando finalmente nos encontramos você estava com ela e acho que quebrei.

Eu fiquei meses sem olhar para sua cara, esqueci seu numero, tentei esquecer seu nome. Tentava não ouvir noticias suas e quando finalmente nos encontramos de novo, você ja estava com outra. É, que bela idiota eu sou.

Mas, eu ja estava cansada e não queria mais ficar naquela brincadeira. Não queria mais me machucar.

Hoje eu tento não tocar mais no assunto, você está feliz e é isso que importa.

Agora, enquanto vejo você me preparar uma bebida, preocupado que minha mãe não perceba que eu tenha bebido, eu me dou conta: nós sempre fomos amigos. Nada além disso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Luana Bastos, paulistana de 19 anos que ama escrever. Viciada em Internet, livros e séries, sempre dá um jeito de assistir a mais um episódio de Doctor Who, mesmo que já tenha assistido tantas vezes que já decorou as falas.

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Luana Bastos

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: