Uma garota, um caderno.

Archive for dezembro 2012

tumblr_mfwz9tEXeB1rm9t68o1_400_large

Ja reparou que dia 31 de dezembro sempre chega com uma sensação estranha?

É o ultimo dia do ano e dá uma impressão de que não há mais nada depois disso. Mas, nós sabemos que não acabou. Sabemos que amanhã o Sol nascerá mais uma vez, que mais uma vez vamos acordar (alguns de ressaca) e vamos continuar nossas vidas. Não normalmente, já que nós sabemos que o ano já não é mais o mesmo, mas as coisas vão continuar caminhando como sempre. Para rumos bons e ruins, para novas e antigas sensações e para o desconhecido.

Nenhum dia é como o outro.

Nenhum de nós é igual ao outro.

Hoje terminamos tantas coisas e amanhã iniciaremos tantas outras mais.

Eu sei que isso soa como nostalgia. É nostalgia, mas essa é a sensação que me bate quando vejo que faltam menos de cinco horas para o fim de 2012.

E é nessas poucas horas restantes que agradeço a todos vocês que passam aqui no blog e que me apoiam e leem esses posts, as vezes sem sentindo. E que em 2013, tenhamos muito mais posts sem sentido também.

Que você ame, ria, chore, se apegue, se desapegue. Que você viva.

Que você tenha um 2013 tão unico, quanto eu espero que seu 2012 tenha sido.

Então, neste ultimo post do ano, eu apenas desejo que você seja feliz.

 

Anúncios

Desde que comecei a usar  o Tumblr, há dois anos atras, acabei me envolvendo cada vez mais com os fandoms e participando mais ativamente deles.

O fandom nada mais é do que o grupo de fãs de um determinado seriado, filme e por ai vai!

Por isso, resolvi fazer esse top 5 especial com meus fandoms preferidos.

1 – Doctor Who. 

DOCTOR WHO 8mb

Já tinha ouvido falar da série há algum tempo, mas minha vontade de assisti-la começou quando vi um photoset no Tumblr com uma cena do primeiro episódio da quinta temporada. No photoset, o Doutor conhece Amy e a fotografia da cena e sua delicadeza me chamaram tanto atenção que baixei o pilot na hora!

Para quem não conhece, Doctor Who é uma série britanica sobre um viajante do tempo e espaço que usa uma cabine policial azul como espacionave. A primeira versão da série foi ao ar em 1963 e durou até 1989. A versão atual foi lançada em 2005 e já está em sua sétima temporada. (Logo, logo vai rolar review do especial de Natal por aqui!)

Só fica uma dica para quem quiser assistir: comecem pela primeira temporada de 2005. O problema é que algumas pessoas simplesmente pulam a primeira temporada onde o Doutor é interpretado por Christopher Eccleston (G.I Joe) e começam por David Tennant (Harry Potter e o Calice de Fogo) que ficou em seu lugar na segunda temporada.

Gente, por favor, não pulem o Nine! Ele foi tão brilhante!

2 – Sherlock (BBC).

b018ttws

O fandom de Sherlock é o mais criativo que conheço. Sério!

A miniserie tem os mesmos roteiristas de Doctor Who e foi ao ar pela primeira vez em 2010.

A série é uma versão contemporanea das histórias de Sir Conan Doyle e tem novas versões para classicos como “O Cão de Baskerville”.

A série tem apenas três episódios de uma hora e meia por temporada, o que é uma pena, já que a história é incrivel!

Disse no começo da descrição que o fandom de Sherlock é o mais criativo que conheço porque a série teve apenas duas temporadas até agora e mesmo assim eu não deixo de ver gifs, videos, photosets, graficos tantas outras coisas no Tumblr! Parece que quanto mais tempo falta para a terceira temporada, mais os fãs arranjam jeitos de não esquecermos de Sherlock e John, o que honestamente, é meio dificil já que as interpretações de Benedict Cumberbatch e Martin Freeman são fodasticas!

3 – Harry Potter.

harry-potter31

Meu primeiro fandom e o motivo de eu ter criado uma conta no Tumblr, para começo de conversa!

Ja era fã de HP por um bom tempo e também já tinha escrito algumas fanfics quando comecei a ver aqueles graficos e montagens lindos que eram postados, isso sem contar os gifs, e tive que fazer uma conta no site.

Uma coisa que me deixa muito feliz em ser uma potterhead é que HP nunca será esquecido. Mesmo que ja faça um ano que acabou (sniff,sniff) sempre damos um jeito de lembrar que nosso fandom está aqui e ninguém nos tira!

4 – Skins. 

SkinsARTREV

Ai, como eu sofri.

Ok, esse é o lema de todo o fandom, mas Skins foi um sofrimento em particular. Porque tudo ali foi feito para ser destruido e estraçalhado antes de se pensar duas vezes.

A série também britanica (por favor, ignorem a versão americana), conta a história de um grupo de adolescentes em seus ultimos anos na escola, cheio de festas, drogas, bebidas, sexo e problemas. E não é exagero, Skins é bem assim!

A sexta temporada foi lançada esse ano e devido há alguns problemas com a emissora, a E4 irá cancelar a série depois de uma sétima temporada que será lançada no ano que vem, o que é uma pena, porque além de causar e quebrar preconceitos, Skins tem roteiros tão profundos e cheios de reviravoltas que vão me fazer morrer de saudades.

5 – Merlin. 

_64373729_merlin3

Estou falando de Merlin aqui porque estou morrendo de dó do fandom.

A série foi cancelada após a quinta temporada, que teve seu final lançado nessa ultima semana e esse é o unico motivo de eu estar falando deles por aqui. O problema não é que eu não goste, é que assisti apenas o pilot ainda. A série é boa, mas ainda não tive tempo de assisti-la.

Por isso, Merlin fandom, esse post é dedicado a vocês.

tumblr_mfkfszLcT91r3btw9o1_500_large

Final do ano está ai, hoje já é Natal (feliz Natal, negada!) e chegou a hora de fazer aqueles resoluções do fim de ano.

Tinha feito um rascunho do post no meu celular e tinha saído completamente diferente, mas foda-se a educação: 2012 foi uma merda.

Ok, não foi uma merda total, mas foi uma merda.

Digo isso, porque na maioria das vezes, para concluir se um ano foi bom ou ruim, eu penso os momentos mais marcantes foram os bons e os ruins e nesse ano, bom foram os ruins que ficaram em alta.

Chegou a hora de chorar sobre os problemas? É, chegou.

Milhões de coisas aconteceram esse ano e a maioria delas nunca passou pela minha cabeça em acontecer, nunca mesmo, sabe? Primeiro eu fui assaltada duas vezes em uma semana e depois descobri que isso desencadeou minha sindrome do pânico e que eu já tinha isso há algum tempo, mas foi preciso esse choque para que eu a descobrisse. E acredite, não é legal.

No começo do ano, tudo isso foi muito difícil. Agora, eu até estou mais tranquila com reação á sindrome do panico e tudo mais, mas todo esse medo (e é medo mesmo!) acabou fazendo com que eu me fechasse no meu casulo e trancasse a porta, pois me afastei tanto e de todo mundo.

Vivo falando sobre me libertar e isso de fato aconteceu. Me libertei de me sentir a amiga gorda (looonga história) ao lado de uma “amiga” com cresci e me libertei do preconceito que tinha contra meu próprio corpo. Acho que acabei vivendo em função dessa amizade e fiquei tão cega que só agora consigo perceber o quanto fui burra.

Também me “libertei” do meu antigo emprego de merda onde eu só tinha que ouvir reclamações e era obrigada a abaixar a cabeça e concordar com tudo. Cade a liberdade de expressão, meu povo?

Consegui fazer meu cursinho pré-vestibular que há tempos vinha desejando fazer. Foram poucas aulas, já que eram aos sabados, mas consegui me sentar para fazer o ENEM com uma sensação de segurança muito maior do que eu esperava.

Também consegui perder o medo da opinião dos outros. Porque isso sempre me afetou e hoje, em comparação com o começo do ano, eu quase não me abalo mais. Me abalo sim, mas não tanto quanto antes e isso é uma vitória para mim.

Uma prova disso é que eu tinha o estupido pensamento de temer caso alguém conhecido descobrisse sobre o blog. Uma grande besteira, já que não temos que temer por algo que gostamos de fazer. Esse blog faz parte da minha vida, e assim como na minha vida, só mete o bedelho que tem autorização. U.u

Mas, falando sério, agora que desabafei tudo isso que estava entalado na minha garganta é que consigo pensar e tentar ser um pouco mais flexivel.

2012 continua sendo um ano de merda em algumas coisas, mas pelo menos na minha vida online as coisas estão otimas. Tanto com meus fandoms no Tumblr quanto com as fanfics nos Contos Das Masmorras.

E pensando nisso, talvez eu deva ser um pouco mais flexivel com minha mãe. Sei que ela não quer meu mal e que as coisas acontecem, mas tem momentos em que fico com tanta raiva que não consigo me controlar e quem acaba ouvindo foi ela. Não que eu tenha esquecido, ouviu mãe? É só que vou tentar pegar leve, prometo.

Agora são 02:55 de 25 de dezembro de 2012, então feliz Natal para quem está lendo este texto. Feliz Natal para quem não está lendo também, embora não vá saber que desejei feliz Natal, mas tanto faz!

Sei que tudo isso aqui não faz muito sentido, mas colocar essas coisas na tela me ajudou a colocar sentindo em meus pensamentos.

Então feliz Natal para vocês e me digam, como resumem 2012?

tumblr_mfgk2o82IN1rkvk0oo1_500_large

Estou tão cansada de sempre ter que me prestar a papéis tão estúpidos. E eu nem sei como chego a fazer isso, parece que é automatico. Talvez esse seja eu. Mas, não sei se quero ser assim.

Tem momentos em que me sinto tão confusa com tudo isso que paro e me pergunto o que estou fazendo. Nem eu sei o que fazer!

E eu não entendo o motivo de algumas pessoas serem tão grosseiras ou frias. Por que isso sempre me atinge?

Eu tento apertar um botão de desligar, mas apenas um olhar ja me deixa preocupada ou curiosa e mesmo assim, não quero falar com ninguém.

Não me importo de ter uma conversa rapida ou de trocar algumas palavras gentis, mas não quero ninguém por perto.

Não sei mais o que fazer. Há momentos em que me sinto tão bem que parece que nada pode me segurar, mas há momentos em que não quero sair de casa. Que só quero ficar sozinha.

E essas madrugadas não tem fim e tudo que quero é que acabem.

tumblr_mfc3e65XZC1qh6ds5o1_500_large

Tai um filme que não me arrependi de assistir. Conheci a história quando fiquei sabendo que Emma Watson interpretaria Sam e quando fiquei sabendo que tinha o livro, não pensei duas vezes em lê-lo.

Me apaixonei duas vezes: pelo livro e pelo filme.

O longa é bem fiel tanto na narração quanto nos acontecimentos e fica claro que Charlie está escrevendo para alguém desconhecido.

Amei mesmo a interpretação do Logan, que conseguiu ser tão intenso que as vezes, eu tinha vontade de chorar apenas por sua expressão! (Manteiga derretida mode on.)

Emma e Erza também estão incriveis, com interpretações tão intensas quanto a de Logan.

O elenco do filme é incrivel, com participações de Joan Cusack, Nina Dobrev, Dylan Mcdermott e Kate Walsh.

Infelizmente, o filme esteve em cartaz por muito pouco tempo e ainda não a previsão de lançamento em DVD. #chatiada.

160651911677651013_gH4oLWAh_c_large

Este post está muito atrasado. Fazia algum tempo que estava pensado em fazer alguma review sobre a série, mas foi apenas agora que a segunda temporada terminou que consegui escrever sobre ela.

A história é inspirada na série israelense Hatufim e conta a história de Carrie, uma analista da CIA que desconfia da lealdade de Nicholas Brody, ex sargento da marinha que foi recentemente salvo, após quase oito anos preso no Iraque.

Claro, esse é apenas um resumo muito gigante e curto da série, mas é o que basta para se começar a assistir. Carrie tem segredos que a CIA nem pode imaginar e Brody não é tão bom quanto parece.

Os produtores são os mesmos de 24 Horas, então sim, patriotismo é a regra!

Apesar dessa superproteção com os Estados Unidos, a série é incrível e consegue captar a sensibilidade e a fraqueza de cada um dos personagens principais.

Uma curiosidade é que uma das atrizes, Morena Baccarin, é brasileira e tem um papel de destaque como Jessica Brody, esposa do ex sargento.

Ontem terminou a segunda temporada que foi tão incrível quanto a primeira e mal posso esperar para a terceira temporada,que está confirmadíssima  mas infelizmente ainda não tem data de lançamento confirmado.

Quem quiser, pode conferir a série que está disponível para download em qualquer site decente e também nos domingos, as onze da noite no FX.


Luana Bastos, paulistana de 19 anos que ama escrever. Viciada em Internet, livros e séries, sempre dá um jeito de assistir a mais um episódio de Doctor Who, mesmo que já tenha assistido tantas vezes que já decorou as falas.

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Luana Bastos

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.