Uma garota, um caderno.

Sessão Pipoca – Animações do Oscar.

Posted on: 10/02/2013

Lembra o Top 5, gente? Então, o primeiro Top 5 era intitulado “Sessão Pipoca”, mas acabei esquecendo completamente o titulo e chamando de Top 5 mesmo. Mas, agora voltei para o titulo original que soa muito mais divertido, né gente?

Bom, mas voltando aos filmes, fazia algum tempo que eu não assistia filmes de animação, e estava com saudades. Estava lendo dia desses a lista de indicados ao Oscar 2013 e a lista de animações me surpreendeu um pouco: Valente, Detona Ralph, Piratas Pirados, ParaNorman e Frankenweenie. Um detalhe é que três das animações concorrentes são feitas em stop-montion, o que não tem sido muito comum ultimamente.

Então, acabei matando as saudades e fazendo essa sessão pipoca especial para vocês:

1 – Valente.

valente-5-586x355

 

A animação da Disney com a  Pixar conta a história da rebelde princesa Merida que é obrigada por sua mãe a aprender como uma verdadeira princesa deve agir, pensar, falar e blablablá  Só que as coisas ficam bem piores quando sua mãe a obriga a se casar com um dos filhos das famílias parceiras do Rei.

Ruiva, escocesa, feminista, rebelde e corajosa. Ok, como não amar Merida? Ela acabou se tornando minha princesa preferida (logo ao lado da Mulan) por ser completamente o oposto do que se espera de uma princesa. É corajosa, honesta, desleixada e completamente ela mesma.

2 – Frankenweenie.

600_frankenweenie_5

Mais um filme Disney só que dessa vez com Tim Burton. Victor é um mini cineasta que adora criar filmes caseiros de terror, com seu cachorro Sparky como ator principal. (Isso te lembra alguém?) Mas, Sparky morre atropelado e inspirado por uma aula de ciências, Victor resolve trazer seu cachorrinho de volta a vida.

Estava com um pouco de receio de assistir ao filme graças ao fracasso que foi Sombras da Noite, mas stop montion e Tim Burton sempre deram certo juntos. O filme é completamente em preto e branco o que dá um ar mais caseiro ao filme que é muito fofo! Ok, o filme é sobre cachorro então eu sou suspeita para falar porque me derreto por eles, mas ele é muito bom. Você vai encontrar aquela melancolia bem no estilo Burton, mas ainda sim tem um toque Disney na história, se vocês me entendem.

3 – Detona Ralph. 

wallpaper_detona_ralph_wreck_it_ralph_03

Ralph é o vilão de um popular jogo de videogames que está completando 30 anos, o Conserta Félix Jr, onde Félix Jr tem que consertar o prédio que ele destrói. Só que apesar de seu bom trabalho na hora do jogo, Ralph não quer mais ser um vilão, já que em sua visão, apenas os mocinhos tem reconhecimento. E é com essa ideia na cabeça, que Ralph sai em busca de uma medalha que possa provar para os companheiros de jogo que ele também pode ser uma boa pessoa.

]

Eu não conhecia exatamente a história do filme antes de assisti-lo, só sabia que Ralph era um vilão que não queria ser mais vilão. Achei a história bem original e diferente, além de mostrar um contraste incrivel de como eram os games antigamente e como são agora. Mas, gostei principalmente da história da Vanellope, que acaba se tornando uma peça enorme nessa busca do Ralph por se tornar um mocinho.

4 – Piratas Pirados. 

Piratas-Pirados

O Capitão Pirata se orgulha de ser o mais terrível dos sete mares, mas na verdade não é bem assim. Trapalhão e azarado, ele nunca conseguiu ganhar seu sonhado prêmio de Pirata do Ano. Mais uma vez humilhado pelos outros piratas, o Capitão e seus tripulantes acabam se envolvendo com Charles Darwin na busca pelo ouro que finalmente pode lhe fazer o grande vencedor do ano.

Antes de assisti-lo tinha a impressão de que seria bem bobinho. E é. Mas, calma, o filme não é ruim! A história tem sim seus picos de humor e é possível ver um jeito meio moderno em plena era vitoriana. O filme é britanico, e o elenco tem algumas vozes bem conhecidas, como Hugh Grant, Martin Freeman e David Tennant.

5 – ParaNorman.

PARANORMAN2

Norman consegue ver e falar com espíritos, mas ninguém acredita. Cansado de ser tratado mal por todo, ele acaba se afastando. Mas, quando achava que as coisas estavam bem, seu tio lhe encabe a da missão de acabar com a maldição que assola a cidade há 300 anos.

Não curti muito o filme. Apesar dos zumbis e de alguns trechos engraçados, achei meio entendiante e clichê. Mas, mesmo assim ele foi bom o bastante para concorrer ao Oscar, então quem sou eu para falar alguma coisa, né?

O que acharam dos concorrentes, gente? Quem acham que ganha?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Luana Bastos, paulistana de 19 anos que ama escrever. Viciada em Internet, livros e séries, sempre dá um jeito de assistir a mais um episódio de Doctor Who, mesmo que já tenha assistido tantas vezes que já decorou as falas.

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Luana Bastos

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: