Uma garota, um caderno.

Posts Tagged ‘garota

tumblr_mcm5zfXEqj1qgydpso1_400_large

Mais uma noite.

Parece que o tempo congelou e quanto mais eu olho no relógio ou mudo de paginas online o tempo desacelera. Não consigo assistir a um único episódio de nada. Não consigo ler. Não consigo ouvir musica. Não consigo fazer nada.

Parece que depois de avançar tanto, retrocedi mais ainda. Me sinto tão perdida. Tão sufocada.

Passei um ano todo lutando por algo e não aconteceu. E ao mesmo tempo ansiedade e medo ficam colocando coisas em minha cabeça. Ficam me fazendo sentir medo de sair. Me fazendo sentir medo de falar com as pessoas. Me fazem ter medo de viver.

Faz dias que não sei o que é dormir direito, de noite. Passo todas as noites acordada, perdida e ansiosa por algo que não aconteceu.

Preciso tanto de uma mudança, mas sei que sem paciência nada acontece. Eu sei disso.

Mas, sinto que tem uma parede na minha frente.

E tudo que eu quero é o mundo, mas não sei como alcança-lo. Não sei como fazer para sair do chão ou para me soltar do medo.

Coisas que antes funcionavam, não funcionam mais.

Talvez seja só uma fase, talvez amanhã já esteja melhor.

Eu perdi algo que tinha e não sei como recuperar.

E é mais uma daquelas noites. Daquelas em que só vou dormir as oito da manhã e acordar as cinco da tarde. Em que não vou colocar os pés na rua. Que não vou falar com ninguém.

Urgh, não sei o que fazer. Não sei mais o que dizer.

Não sei mais onde encontrar a solução.

tumblr_mg0tnpFGeU1qlk3xbo1_500_large

Talvez eu entenda agora o que você sentia quando eu estava ali. Acho que sei porque se afastou.

Sei que é horrivel você ficar ali calada, apenas ouvindo e sem ter ideia do que está acontecendo enquanto aquela pessoa para quem você sempre foi o centro das atenções está ocupada dando atenção a outras pessoas. E eu sei que isso que é egoismo.

Talvez o problema seja eu que não consigo me relacionar, porque não consigo ficar parada sorrindo enquanto você debocha de mim e de nossos segredos para alguém que me é desconhecido.

Na maioria das vezes, isso tudo é apenas eu reagindo exageradamente. Na maioria das vezes não. Só que eu simplesmente não consigo fazer disso um show tão grande que seja obrigada a partilhar com você. Nunca consegui colocar meus sentimentos em primeiro lugar, sempre tive medo de te ferir. Acho que isso não é amar.

Acho que são essas pequenas coisas que me fazem querer se afastar. Eu sempre me afasto. Me afastei de você, me afastei dele, me afastei dela. Me afastei de todos com quem não conseguia mais conversar. Hora, esse é o certo, não?

A questão não é essa, e estou fugindo do assunto. O fato é que mais uma vez sinto vontade de me afastar de você, mais uma vez acho que é certo. Dessa vez não é por algo que disse. É por algo que não disse. É por ter agido como se eu não existisse e feito-me ter vontade de voltar para casa e escrever esse texto. Foi o fato de você me deixar ir embora sozinha enquanto a levava para casa.

Acho que agora sei como você se  sentiu. Acho que agora sei como é ficar em segundo lugar.

tumblr_med141V8j81qi7zw5o1_1280_large

 

Acredito no significado dos sonhos. Pode parecer bobo, mas acredito sim.

Esse me dizia que era para ficar longe de você. E talvez esteja certo.

Rompimentos nunca são faceis e te conheço desde os sete anos, mas as coisas mudam, dão voltas e chegam a um fim. Esse é o nosso.

E eu não sei mais o que fazer, não sei mais o que pensar. Não sei se estou fazendo a coisa certa, mas parece que você sempre tem as palavras certas para me destruir. Parece que quando conheço alguém, você sempre dá um jeito de meter o bedelho e ficar no meio dessa relação. Nunca esqueci que você se tornou amigo do garoto que eu gostava e fazia questão de me contar o que acontecia e com quem ele estava saindo. Qual é o seu problema?

Nunca te contei sobre o blog e odeio te falar sobre as histórias que escrevo. Por que não quero que você estrague e é horrivel ter que esconder que estou tão feliz fazendo tudo isso, porque eu sei que cada passo que eu dou para ficar longe, você tenta dar mais dois para que eu nunca vá.

E eu quero ir.

Estou tão cansada de você sempre ter opiniões para tudo. Sempre achando que está certo mesmo sobre as coisas que não conhece.

Como se estivesse certo sobre mim. Mas, você não sabe o que se passa dentro de mim. Não conhece meus pensamentos verdadeiros.

Com o passar dos anos, criei um escudo para que não conhecesse tudo. E é melhor assim.

Talvez, significados de sonhos não sejam reais, mas dessa vez eles estão certos sobre o ponto final.

Acho que estou sufocando.

Tudo que aconteceu ontem pareceu mais um sonho que qualquer coisa. Acho que não foi real. Parece ter sido bom demais para ser verdade.

Uma tarde incrivel, pessoas diferentes, risadas, desafios. Você que parece ter saido de um sonho. Como afinal de contas eu encontraria alguém que gosta de quase tudo que gosto e que ainda por cima é do jeito que sonho? É, com certeza não foi real.

Mas, eu preferia não ter acordado. Estive tão perto de algo por algumas horas e hoje tudo parece ter sumido. Parece que nunca aconteceu. Parece até mentira.

Será que tudo aquilo aconteceu mesmo?

Melhor conferir em meu celular para ver se seu numero ainda está lá.

Não, não está. Mas, eu juro que anotei! Tenho certeza de que salvei. Tinha algo como vinte e dois no fim. Por favor, isso tem que ser real!

Tem que ser!

Acho que vou sufocar. Não acredito!Não, não, não!

Seu nome é Simon. Você tem que ser real. A tarde de ontem tem que ser real. Tudo o que senti ontem tem que ser real.

Fecho os olhos.

Eu não posso ter imaginado. Eu sai de casa, peguei o onibus. Andei muito, ainda sinto o cansaso em mim.

Estou cansada de as coisas boas acontecerem apenas em minha cabeça.

Por favor, que tudo que aconteceu ontem seja verdade.


Luana Bastos, paulistana de 19 anos que ama escrever. Viciada em Internet, livros e séries, sempre dá um jeito de assistir a mais um episódio de Doctor Who, mesmo que já tenha assistido tantas vezes que já decorou as falas.

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Luana Bastos

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.